APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Notícia

 

13/01/2017
Prosaf treina 468 agricultores familiares em 10 cidades
O Programa de Sanidade em Agricultura Familiar (Prosaf) orientou 468 produtores rurais durante o ano de 2016. Foram ministrados 10 cursos sobre temas relacionados a manejo de pragas, greening, cancro cítrico e outras doenças. Os treinamentos foram realizados em 10 cidades paulistas, de março a novembro. Desde 2009, mais de 1.500 pessoas foram treinadas pelo Prosaf em diversos municípios.

No primeiro semestre, a cidade de Tremembé recebeu 39 produtores no curso de “Greening em Ponkan”. Em Santo Antônio do Pinhal, 40 agricultores se reuniram para aprender sobre “Manejo e métodos de controle de pragas, doenças e nematoides em folhosas e brássicas”. No mesmo município, 35 participaram do “Controle Biológico: Alternativas utilizando fungos entomopatogênicos, ácaros, trichoderma e solarização”. O “Treinamento de Greening”, realizado em São Paulo, contou com a presença de 40 pessoas. Ministrado em Pindamonhangaba, “Vírus em Maracujá” teve 35 integrantes. Em Arujá, o “Treinamento para liberação de ácaros predadores” contou com 27 participantes.

No segundo semestre, foi realizado em Pindamonhangaba o curso sobre “Qualidade do Leite: Carrapato Bovino e Mastite”, com 62 produtores. O mesmo tema foi abordado em Araçatuba, com a presença de 75 pessoas. Na cidade de Guararema, 35 estavam presentes no “Manejo de Pragas e Doenças em Roseiras”. O curso com maior número de participantes foi o “Lima Ácida para Exportação - Diagnóstico de Cancro Cítrico”, em Urupês, com 80 agricultores.

O Programa é desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto Biológico (IB-APTA), em parceria com as unidades regionais da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA Regional), com a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), além das cooperativas e associações de produtores, para transferir conhecimento e gerar tecnologias nas áreas de sanidade animal, vegetal e ambiental.

O secretário Arnaldo Jardim destaca a importância do serviço, que garante mais sanidade aos alimentos, além de atribuir mais valor ao produto dos agricultores. “O agricultor familiar é pequeno na sua extensão, mas é intenso do ponto de vista da atividade e deve ser campeão de produtividade. Gerar renda e garantir alimentos com saudabilidade são exatamente duas das principais orientações do governador Geraldo Alckmin para nós da Secretaria de Agricultura”, diz.

Mais informações pelo e-mail: hojo@biologico.sp.gov.br, pelo telefone (11) 5087-1704 ou no site do IB www.biologico.agricultura.sp.gov.br.

|Voltar|