APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Notícia

 

21/03/2017
APTA reunirá empresários para apresentar oportunidades de novos negócios para as cadeias agrícolas paulista
Os institutos de pesquisa agropecuária do Estado de São Paulo vivem um novo momento para parcerias com a iniciativa privada. Novas legislações estadual e federal proporcionaram desburocratização e segurança jurídica na relação entre institutos públicos de pesquisa e empresas para a promoção da inovação tecnológica. Para explicar este novo momento a empresários e apresentar suas linhas de pesquisas inovadoras será realizado o workshop Oportunidades de Novos Negócios para as Cadeias Agrícolas no Estado de São Paulo, em 28 de março de 2017, a partir das 8h30, em Campinas. O evento será realizado pela Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, e contará com a presença do secretário Arnaldo Jardim.

Durante o workshop, os representantes da direção do Instituto Agronômico (IAC), Instituto Biológico (IB), Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), Instituto de Economia Agrícola (IEA), Instituto de Pesca (IP) e Instituto de Zootecnia (IZ) apresentarão suas linhas de pesquisa que podem dar um novo salto na produção de alimentos.

“Nossos institutos estão comprometidos há mais de um século com a geração de tecnologias para aumentar a produtividade, promover a sanidade e prestar serviços fundamentais para viabilizar a produção e o processamento dos produtos das cadeias agrícolas paulista e brasileira. Queremos apresentar o que temos de melhor para o setor privado e conseguir parceiros para promover a inovação tecnológica”, explica Orlando Melo de Castro, coordenador da APTA.

Este é o segundo evento realizado pela APTA com empresários. O primeiro deles ocorreu em outubro de 2016 e reuniu empresas do segmento de proteína animal. “O primeiro evento foi um sucesso e resultou em projetos em conjunto e negociações de tecnologias desenvolvidas pelos institutos”, comemora Castro.

Após as apresentações das linhas de pesquisa e legislação, será realizada uma rodada tecnológica, em que empresas e institutos poderão discutir os projetos.

O workshop Oportunidades de Novos Negócios para as Cadeias Agrícolas no Estado de São Paulo será realizado pela APTA, com apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola (Fundag) e Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag).

Novo momento para parcerias

O novo Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação, a Lei Estadual de Inovação, a assinatura da Resolução nº 12, pela Secretaria de Agricultura, e o estabelecimento dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no âmbito da APTA formam um arcabouço de leis que permite desburocratizar e trazer melhor segurança jurídica para a relação das instituições de pesquisa agropecuária paulista com a iniciativa privada.

A nova legislação regulamenta a atuação dos NITs e define os critérios da participação do pesquisador na inovação desenvolvida. Segundo Castro, é agora permitida a parceria em projetos conjuntos com a utilização em comum de espaços de pesquisa e laboratórios e a participação com exclusividade do direito de uso de patente e propriedade intelectual. “É uma parceria de ganho a ganho. As instituições, empresas e sociedade saem ganhando com esse processo”, explica.

Desde que foram reestruturados, em setembro de 2016, os NITs ligados à APTA solicitaram quatro pedidos de patentes junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), firmaram parcerias com empresas privadas e apoiaram a elaboração de projetos na modalidade Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE-Fapesp). Os projetos contam com consultoria jurídica e apoio da Fundepag.

Para Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o estabelecimento desses critérios é um salto no fomento ao agronegócio, pois normatiza os instrumentos jurídicos que facilitam as relações entre os institutos e a sociedade, assim como é praticado nos países que mais inovam no mundo, como Estados Unidos, Coréia do Norte e Japão.

“A interação entre institutos de pesquisa e iniciativa privada precisam de normas claras e fáceis, pois isso resultará na adoção de novas tecnologias, produtos e processos pelo setor produtivo. As novas legislações suprem esta necessidade. A interação entre órgãos públicos e o setor privado é incentivada pelo governador Geraldo Alckmin. A Resolução nº 12, assinada pela Secretaria de Agricultura, está servindo de modelo para outras Pastas”, afirma Jardim.

SERVIÇO

Workshop Oportunidades de Novos Negócios para as Cadeias Agrícolas no Estado de São Paulo


Data: 28 de março de 2017

Horário: A partir das 8h30

Local: Auditório do Instituto Agronômico (IAC)

Endereço: Av. Barão de Itapura, 1.481, Campinas – SP

Inscrições: https://www.sympla.com.br/workshop-cadeias-agricolas

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa – APTA

(19) 2137-8933

|Voltar|