APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Notícia

 

13/04/2017
Pesquisadora do ITAL participa de reunião sobre Projeto de Macaúba na Alemanha
A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, em parceria com o Instituto Fraunhofer IVV na Alemanha, está desenvolvendo um projeto para obter melhor aproveitamento da macaúba. A pesquisadora do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL-APTA), Roseli Ferrari, participou de reunião técnica juntamente com os parceiros da indústria alemã que fazem parte do consórcio. 

O projeto AcroWards, aprovado pelo Governo Alemão ao fim de 2016, conta com a parceria de institutos da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), como o Instituto Agronômico (IAC), ITAL e o Instituto de Economia Agrícola (IEA) e tem como objetivo principal o estudo e o aproveitamento das principais frações obtidas da palmeira Macaúba no Brasil, a qual tem se destacado ao longo dos anos pela sua produção de óleo, perdendo em quantidade por área apenas para o Dendê.

Neste projeto o ITAL ficará responsável pelas etapas de processamento seletivo dos frutos da planta, extração do óleo, análise, refino e aplicação para fins técnicos e energéticos. Parte das atividades será realizada no ITAL e as demais juntamente com os pesquisadores na Alemanha.

O IAC, por meio de suas competências no mapeamento e cultivo da planta, está em processo de domesticação da planta. Diante das perspectivas do desenvolvimento futuro de uma cultivar que apresente a produtividade, o país já possui diversos plantios em escala industrial que iniciarão a produção em cerca de três anos.

“Esse projeto comprova que nossas ações caminham no sentido de gerar e transferir ciência e tecnologia para atendermos as demandas do setor. É uma alegria grande ver nossos institutos trabalhando em prol do desenvolvimento da agricultura do futuro, que é uma orientação do governador Geraldo Alckmin, de forma responsável técnica-científica, com qualificação e parceiros especializados”, declara Arnaldo Jardim, Secretário de Agricultura de São Paulo.

Estavam representadas empresas dos setores de tinta, polímeros e lubrificantes. A reunião ocorreu na cidade de Freising, na Alemanha, onde se localiza a sede do Instituto Fraunhofer IVV.

|Voltar|