APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Notícia

 

16/10/2017
Esalq homenageia Secretaria de Agricultura e suas unidades de pesquisa e extensão durante 60ª Semana “Luiz de Queiroz”
A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) e sua Associação dos Ex-Alunos (Adealq) homenagearam a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e suas unidades de pesquisa e de extensão rural em 14 de outubro de 2017, durante a solenidade de encerramento da 60ª Semana “Luiz de Queiroz”, em Piracicaba, interior paulista. Na ocasião, o Instituto Agronômico (IAC-APTA), o Instituto Biológico (IB-APTA) e o Instituto de Economia Agrícola (IEA-APTA) foram homenageados pelos seus 130, 90 anos e 75 anos, respectivamente, completados em 2017. A Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) também foi homenageada pelos seus 50 anos.

 “Os institutos de pesquisa agropecuária paulista são estratégicos para São Paulo, importantes para o agronegócio paulista e brasileiro. As três instituições chegam aos 130, 90 e 75 anos em plena atividade e renovadas, incentivadas a desenvolver projetos junto com a iniciativa privada, com vistas à inovação tecnológica, uma recomendação do governador Geraldo Alckmin. Receber essa homenagem de uma instituição como a Esalq, centenária, mas também com espírito inovador, nos enche de orgulho”, afirma Arnaldo Jardim, secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

O Instituto Agronômico completou 130 anos em 27 de junho de 2017 como uma das mais importantes instituições de pesquisa do Brasil. Ao longo de sua história, desenvolveu 1.067 cultivares de 96 espécies de plantas, cultivadas em todo o País. Além dos trabalhos de melhoramento genético – carro-chefe do IAC –, o instituto desenvolve pesquisas na área de solos, climatologia, tecnologia de aplicação de defensivos, além de disponibilizar ao setor de produção tecnologias relacionadas a cana-de-açúcar, café, grãos e fibras, frutas, solos, citros, horticultura, seringueira e engenharia e automação.

 O Instituto Biológico completa 90 anos de atuação em 26 de dezembro de 2017 como referência brasileira em pesquisas relacionadas à sanidade animal e vegetal. Diariamente, realiza em média 585 diagnósticos com padrão internacional. Em 2016, foram 200 mil diagnósticos realizados a partir de amostras provenientes de 16 Estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Tocantins, Espirito Santo, Ceará, Rio Grande Sul, Maranhão e Bahia. Esses diagnósticos constituem uma ferramenta básica para ações dos órgãos de defesa estadual e federal, com vistas a evitar a entrada ou circulação de pragas e doenças no País. O IB é ainda referência brasileira em pesquisas com pragas urbanas e controle biológico.

 Com 75 anos de atividades, o Instituto de Economia Agrícola pesquisa, gera, analisa e divulga conhecimento e informações de caráter econômico pata atender as necessidades do agronegócio. A principal atividade do instituto envolve o cenário de safras agrícolas com o objetivo de atender à necessidade de dimensionar a riqueza gerada por São Paulo no pré e pós-porteiras. As informações geradas pelo IEA contribuem com os agentes públicos e privados e servem de parâmetro para a tomada de decisões e formulação de políticas públicas, no âmbito estadual e federal.

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa – APTA

(19) 2137-8933


 

|Voltar|