APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios

Notícia

 

06/07/2018
Preços agropecuários fecham o mês de junho com alta de 1,54%
Dos 19 produtos acompanhados pelo IEA, 12 apresentaram alta de preços, com destaque para as carnes de frango e suína e ovos. Batata e tomate para mesa, que já foram vilões, apresentaram as maiores quedas de preços.

O índice que mede a variação dos preços recebidos pelos produtores paulistas (IqPR) registrou alta de 1,54% em junho de 2018, na comparação com o mês anterior, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. 

Apresentaram as maiores altas: carne de frango (29,91%), ovos (24,98%), carne suína (16,32%), trigo (13,15%) e laranja para indústria (8,42%). Já os produtos que sofreram queda de preços foram: batata (-30,78%), tomate para mesa (-14,01%) e banana nanica (-13,44%), destacam Danton Leonel de Camargo Bini e Eder Pinatti, pesquisadores do IEA responsáveis pela análise. 

Últimos 12 meses 

No acumulado dos últimos 12 meses, o IqPR subiu 4,01%. Na comparação dos preços de junho de 2018 com junho do ano passado, 12 produtos apresentaram valores positivos e 7 valores negativos. No período, o IqPR apresentou a maior alta no último mês de maio (quando a greve dos caminhoneiros interferiu intensamente na variação positiva de produtos como batata e leite cru resfriado). Já a maior queda, de 3,65% aconteceu em julho de 2017.

Para ler o artigo na íntegra e consultar as tabelas e gráficos, inclusive com dados com e sem cana-de-açúcar, principal produto do Estado, clique aqui.

 

Por: Nara Guimarães

|Voltar|